Arquivo da categoria: Esporte

Brasileira nocauteia Ronda Rousey em 48 segundos e segue campeã do UFC

A brasileira Amanda Nunes simplesmente não tomou conhecimento de Ronda Rousey no octógono e liquidou o duelo entre elas antes do fim do primeiro minuto. Com um boxe muito afiado e alinhado, a brasileira aplicou uma sequência de socos precisos no rosto da adversária, fazendo a “queridinha do MMA” andar para trás e ficar visivelmente combalida a cada golpe recebido no rosto. Não deu outra: nocaute avassalador com apenas 48 segundos de combate, na luta principal do UFC 207, realizado na madrugada de sexta para sábado (31), em Las Vegas, nos Estados Unidos. A

Clique e curta a nossa Fan page no Facebook

Com o resultado, a baiana manteve o seu título de campeã dos pesos-galos feminino do UFC. O triunfo sobre Ronda foi a primeira defesa de cinturão de Amanda, que chegou ao topo de sua categoria ao derrotar, por finalização, a americana Miesha Tate, em julho deste ano. A atuação de gala no UFC 207 rendeu à brasileira o bônus US$ 50 mil (cerca de R$ 162 mil) pela “Perfomance da Noite”.

Logo após a interrupção do árbitro Herd Dean, decretando o fim do combate, Amanda celebrou a vitória fazendo um gesto como se dissesse que calou todos os críticos, principalmente aos que acharam que ela não tinha chance contra Ronda, favorita na bolsa de apostas para o combate. Em seu discurso, ainda no octógono, ela enalteceu o seu desempenho e sua preparação para o combate.

 

Blog Clube da Luta

Clique e curta a nossa Fan page no Facebook

CORREIO PEDRABRANQUENSE

Tauaense Viviane Sucuri supera Letourneau por pontos e estreia no UFC com vitória

Em resultado polêmico, cearense bate atleta do Canadá por decisão dividida.

 

Viviane “Sucuri” Pereira entrou no octógono diante de Valerie Letourneau, uma adversária mais experiente e que já disputou o cinturão do peso-palha do Ultimate, como franco-atiradora. A missão era complicada, porém, a brasileira derrotou a canadense em uma polêmica decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28) após três rounds.

Viviane Sucuri venceu Valerie Letourneau por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28) (Foto: Getty Images)

A vitória em sua estreia no Ultimate, contra a nona colocada do ranking da divisão, deixa Viviane Sucuri em alta na organização. Valerie Letourneau amarga o terceiro revés consecutivo – não vence desde que bateu Maryna Moroz, em agosto de 2015.

A luta

A diferença de altura entre Viviane Sucuri e Valerie Letourneau ficou clara nos primeiros movimentos da luta. A canadense, bem mais alta, experimentou alguns chutes na brasileira que, quando tentou encurtar, não obteve sucesso. A anfitriã mapeou o tempo da adversária e, ao receber um chute, segurou a perna e derrubou Sucuri. Por cima, Letourneau golpeou o rosto da rival. Na raça, Viviane Sucuri conseguiu se levantar e ambas ficaram trocando pegadas na grade, clinchadas até o fim do primeiro round.

No segundo round, Valerie Letourneau media a distância com o jab para se manter em um ponto seguro, fora do alcance de Viviane Sucuri. Quando a brasileira ameaçava a aproximação, Letourneau aplicava um chute para rechaçá-la. A pouco mais de um minuto para o fim, Sucuri conseguiu uma bela queda, ficou por cima da canadense, mas permitiu que ela se levantasse sem passar sufoco.

Viviane Sucuri venceu Valerie Letourneau por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28) (Foto: Getty Images)Viviane Sucuri venceu Valerie Letourneau por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28) (Foto: Getty Images)

A bravura de Viviane Sucuri era notória, assim como sua dificuldade em encurtar a distância – a brasileira não parecia pertencer a mesma divisão da canadense. A cearense ainda conseguiu acertar o rosto da rival, porém, em lances esporádicos, sem uma sequência capaz de colocar Letourneau em apuros. A 40 segundos do fim, Sucuri acertou um bom cruzado na oponente e foi para o clinche – este foi o seu melhor round no confronto. Sem grande sucesso, porém, partiu para a trocação franca até o cronômetro zerar.

Clique e curta a nossa Fan page no Facebook

G1
Correio Pedrabranquense

Por todo o mundo, as 71 vítimas do vôo receberam homenagens

Por todo o mundo, as 71 vítimas receberam homenagens de esportistas, torcedores e autoridades

No estádio, em Medellín, torcedores do Atlético Nacional fizeram uma linda cerimônia para as vítimas. No fim do ato, uma calorosa salva de palmas simbolizou o carinho que o povo colombiano quis demonstrar aos brasileiros ( Foto: AFP )

Em Chapecó, a Arena Condá ficou repleta de torcedores da Chapecoense, que foram prestar mais uma homenagem aos jogadores que morreram no acidente de avião ( Foto: AFP )

O dia após a tragédia com a delegação da Chapecoense que vitimou 71 pessoas, na Colômbia, o mundo agora busca explicações e culpados para o acidente. No futebol, o dia foi mais homenagens e reuniões para definir o futuro da equipe de Chapecó.

>>Piloto pensou que combustível seria suficiente

>>Sobreviventes em situação estável

A comoção maior foi nos estádios das equipes que deveriam se enfrentar pelas finais da copa Sul-Americana. Atendendo ao pedido do clube, a torcida do Atlético Nacional, da Colômbia, lotou o estádio para homenagear a Chapecoense. Com a maioria vestida de branco, os torcedores gritaram ‘vamos, vamos, Chape’ no estádio Atanásio Girardot, em Medellín. Seria neste local que o time catarinense enfrentaria o elenco colombiano, na primeira partida da final da Copa Sul-Americana.

No mesmo horário, em Chapecó, a Arena Condá recebeu uma multidão, e tal como Medellín, o grito ‘Vamos, vamos, Chape’ foi dito.

Os jogadores do time catarinense que não embarcaram para a Colômbia foram ovacionados no gramado. As viúvas dos companheiros de time acompanham as homenagens.

Um outro momento de muita emoção, foi quando o placar da Arena Condá exibia fotos, nomes e data de nascimento dos jogadores e integrantes da comissão técnicas que faleceram no acidente em Medellín. Também foram exibidos os nomes dos jornalistas mortos na tragédia. Os nomes de todas as vítimas vinham acompanhados das palavras ‘eternos campeões’.

Às 21h15, o minuto de silêncio foi respeitado por todos no estádio. Depois, crianças entraram com o uniforme do time.

Clubes de luto

Além de manifestar solidariedade à tragédia, vários clubes brasileiros prestaram homenagens, seja com minuto de silêncio antes do início das atividades, seja com a intenção de usar o escudo da Chape na próxima partida pelo Campeonato Brasileiro.

Jogadores que passaram por lá e deixaram amigos no time catarinense vieram a público para falar sobre a dor pela perda destas pessoas.

Foi o caso do meia Dudu, hoje no Fluminense. “Eu sou muito emotivo, tinha grandes amigos lá. Na última partida que fizemos contra eles, conversei com alguns jogadores com quem atuei. É uma dor enorme, que vai demorar a passar”, disse.

O treinador do Grêmio, Renato Gaúcho, foi outro que concedeu entrevista bastante emocionado. “”Hoje ainda estou nas cordas, é normal. Mas temos que levantar a cabeça e seguir trabalhando”, destacou.

Em partida contra o Leonesa pela Copa do Rei, no Santiago Bernabéu, os jogadores do Real Madrid entraram em campo com uma camiseta com a mensagem “Todos somos Chapecoense”.

Comoção

A tragédia com a delegação da Chapecoense fez com que o número de sócio-torcedores do clube mais do que duplicasse em pouco mais de 24 horas após a tragédia ocorrida em Medellín.

Até semana passada, a Chapecoense tinha pouco mais de cinco mil sócios-torcedores, de acordo com o site Futebol Melhor, que faz o ranking dos times mais conceituados na lista de sócios-torcedores. Nas últimas horas, foram mais de 13 mil novos pedidos de torcedores querendo aderir ao programa.

Velório

A organização do velório espera cerca de 100 mil torcedores presentes na arena. Para evitar transtornos e confusão, a ideia é que seja criado um corredor, por onde os fãs passam, sem poder parar, e consigam se despedir de seus ídolos. Todos os caixões serão lacrados, mas haverá uma identificação do falecido.

Clique e curta a nossa Fan page no Facebook

 
Diário do Nordeste
Correio Pedrabranquense

Palmeiras pede a CBF para jogar a ultima rodada do brasileirão com o uniforme da Chape

no programa de hoje da ESPN.COM, Nicola informa que parceira comercial autorizou Palmeiras a utilizar camisa da Chapecoense como forma de homenagem. Ainda a informação sobre o possível título da copa sul-americana para a Chapecoense, no qual trabalha par isso, o time do Atlético Nacional de Medelim, adversário da Chapecoense na copa.

 

Veja o vídeo

https://youtu.be/mRbDEtx3KiM

 
ESPN.COM
Correio Pedrabranquense

Confirmado; Autoridades informam 75 mortos e 6 sobreviventes na queda da aeronave

Aeronave perdeu contato com aeroporto de Medellín e feito pouso forçado.
Neto, Follmann, Ruschel sobrevivem. Resgatado, Danilo morre horas depois

 

Chapecoense (Foto: Policia Antioquia)Área onde o avião fez o pouso forçado (Foto: Policia Antioquia)
Uma tragédia no futebol mundial e especialmente brasileiro. O avião que transportava a delegação da Chapecoense para a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional fez um pouso forçado na madrugada desta terça-feira na região de Antióquia, em gravíssimo acidente na Colômbia. Segundo informações do chefe da Polícia de Antioquia, José Acevedo, 75 pessoas morreram. O goleiro Follmann, o lateral Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel Valmorbida estão entre os sobreviventes confirmados, assim como a aeromoça Ximena Suárez e Erwin Tumiri, membro da tripulação. Horas depois surgiu a informação – confirmada – de que o zagueiro Neto foi resgatado com vida. O goleiro Danilo, resgatado com vida, foi a óbito pouco depois. Então, no momento, são 75 mortos e seis sobreviventes.
Alan Ruschel Chapecoense Medellín acidente avão  (Foto: Reuters)Alan Ruschel chega de maca ao hospital (Foto: Reuters)
Info-QUEDA-AVIAO-Chapecoense-G (Foto: infoesporte)

De acordo com a rede de “TV Caracol”, a aeronave sobrevoava as cidades colombianas de La Ceja e Abejorral quando perdeu contato com a torre de controle do aeroporto José Maria Córdova.

Resgate Chapecoense (Foto: Fabricio Crepaldi)Resgate do avião da Chapecoense (Foto: Fabricio Crepaldi)

A delegação da Chape saiu de Guarulhos para Bolívia em voo comercial com 72 passageiros e nove tripulantes. Após escala técnica, deixou Santa Cruz de La Sierra em direção a Medellín. Quando sobrevoava a região de Antióquia perdeu contato com o aeroporto, que confirmou o acidente. A causa do acidente teria sido uma pane elétrica. Ainda de acordo com a imprensa local, o piloto teria liberado combustível para evitar explosão após o pouso forçado.

Alan Ruschel Chapecoense (Foto: Efe)Lateral Alan Ruschel é resgatado com vida e levado para hospital colombiano  (Foto: Efe)

A Chapecoense viajaria diretamente para Medellín em um voo fretado, o que foi desautorizado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Assim sendo, a delegação do time catarinense foi forçada a mudar seus planos e embarcar primeiro para São Paulo. De lá, pegou o voo para a cidade colombiana.

O local da queda do avião é de difícil acesso. Além disso, o mau tempo na região metropolitana de Medellín, além da baixa temperatura – 5º C durante a madrugada, atrapalhou ainda mais o resgate. Dois helicópteros da força aérea do país sobrevoam a área para auxiliar no trabalho das equipes de resgate.

De acordo com informações fornecidas pelo aeroporto José Maria Córdova, a aeronave perdeu contato com a torre de controle às 21h33 locais (0h33 de Brasília) e caiu às 22h15 (01h15 de Brasília).

Acidente Chapecoense (Foto: Caracol Rádio)Imprensa colombiana confirmou o resgate das vítimas (Foto: Caracol Rádio)

“O Comitê Operativo de Emergência do aeroporto José Maria Córdova informa que às 10 horas da noite uma aeronave com matrícula CP2933 proveniente de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, da empresa Lamia Corporation, com matrícula boliviana se declarou em emergência entre o município de Ceja e La Union, a aeronave se declarou com falhas elétricas, segundo foi informado a Torre de Controle da Aeronáutica”.

Devido ao difícil acesso e às condições climáticas de baixa visibilidade, está sendo difícil o trabalho de resgate dos feridos. Autoridades locais pedem aos moradores da região que possuam camionetes 4×4 que auxiliem na busca das vítimas. Residentes dos arredores dizem não ter ouvido estrondos de queda.

Resgate Chapecoense (Foto: Teleantioquia)Resgate dos sobreviventes da queda do avião em Medellín (Foto: Teleantioquia)

Em nota oficial, a Conmebol suspendeu todas as atividades envolvendo a Confederação, inclusive a partida, duelo de ida pela final da Sul-Americana, que estava marcada para quarta-feira às 21h45 (de Brasília) em Medellín.

“A Confederação Sul-Americana de Futebol confirma que há sido notificada por autoridades colombianas que o avião em que viajava a delegação do Atlético Chapecoense do Brasil sofreu um acidente em sua chegada à Colômbia. Estamos em contato com as autoridades e à espera de informações oficiais. A família Conmebol lamenta enormemente o ocorrido. Todas as atividades da Confederação ficam suspensas até novo aviso.”

Confira a lista dos jogadores que viajaram para a Colômbia

Jogadores
Goleiros: Danilo e Follmann;
Laterais: Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo;
Zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto;
Volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco;
Meias: Cleber Santana e Arthur Maia;
Atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

Comissão técnica
Treinador – Caio Júnior
Auxiliar técnico – Duca
Preparador Físico – Anderson Paixão
Preparador de Goleiros – Boião
Fisiologista – Cezinha
Médico – Dr. Marcio
Fisioterapeuta – Rafael Gobbato
Analista de Desempenho – Pipe Grohs

Veja abaixo a lista com os profissionais de imprensa que estavam no voo:

victorino, fox (Foto: Reprodução)

Victorino Chermont (FOX)
Repórter, tinha 43 anos e estava na Fox Sports. Trabalhou na Rádio Globo e SporTV até 2012, quando mudou de emissora.

Lilacio Pereira Jr. (FOX)
Aos 48 anos, Lilacio era conhecido por Jumelo. Tinha a função de coordenador de transmissões externas.

rodrigo santana, fox (Foto: Reprodução)

Rodrigo Santana Gonçalves (FOX)
Rodrigo era repórter cinematográfico da emissora. Tinha 35 anos.

Deva Pascovicci, fox (Foto: Reprodução)

Devair Paschoalon (FOX)
Narrador da Fox Sports, tinha 51 anos e nasceu em Monte Aprazível, São Paulo. Era conhecido por Deva Pascovicci. Começou narrando por emissoras do interior até chegar à extinta TV Manchete, no início dos anos 90. Em 1995 foi para o SporTV e ficou até 2004. No ano seguinte, foi para a CBN e estava desde o início de 2016 na Fox.

Mario Sérgio programa Arena (Foto: Editoria de Arte)

Mário Sérgio (FOX)
Ex-jogador e ex-treinador, era comentarista do canal de TV Fox Sports. Tinha 66 anos. Defendeu a seleção brasileira e atuou por Flamengo, Vitória, Fluminense, Botafogo, Internacional, São Paulo, Palmeiras, Grêmio,  entre outros.

paulo julio clemant, fox (Foto: Reprodução)

Paulo Julio Clement (FOX)
O jornalista Paulo Julio Clement, 51 anos, que atualmente estava no Fox Sports, havia trabalhado no Sistema Globo de Rádio como diretor de esportes. Na imprensa escrita, passou também pelos principais jornais do Rio de Janeiro, como O Globo, como repórter, e Jornal do Brasil, como editor de Esportes. Também trabalhou no Marca Brasil, como editor.

guilherme marques, tv globo (Foto: Reprodução)

Guilherme Marques (TV Globo)
Completou 28 anos no último dia 25 de novembro. Estava na Globo desde 2013. Estudou na Escola Parque e se formou em jornalismo pela PUC Rio. Foi estagiário do GloboEsporte.com e passou pela TV Brasil antes de voltar à Globo para trabalhar como produtor e repórter esportivo da TV. Carioca, era apaixonado por samba e futebol. Cobria principalmente os clubes do Rio. Na Rio 2016, foi destacado para cobrir as partidas do vôlei de praia.

Guilherme Laars, tv globo (Foto: Reprodução)

Guilherme Van der Laars (TV Globo)
Completou 43 anos no último dia 20 de novembro. Trabalhou no LANCE! e no Jornal Extra antes de se tornar produtor esportivo da TV Globo. Trabalhava na equipe do ”Esporte Espetacular”. Foi um dos responsáveis pela série “A base”, que fez uma análise profunda sobre os problemas do futebol brasileiro. Deixa dois filhos e a esposa Carol, grávida do terceiro.

ari, repórter cinematográfico tv globo (Foto: Reprodução)

Ari de Araújo Jr. (TV Globo)
Era reconhecidamente um dos mais talentosos profissionais de imagem do Brasil. Nasceu em Trindade, no estado de Goiás. Começou como porteiro na TV Serra Dourada, afiliada do SBT. Virou repórter cinematográfico na TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo. Depois de passar pela Globo São Paulo, estava na Globo Rio desde 2012. Seu trabalho mais conhecido foi o programa Planeta Extremo. Participou da cobertura de Copa do Mundo e Olimpíada. Tinha 46 anos e deixa três filhos.

Laion Espíndola, repórter globoesporte.com (Foto: Reprodução)

Laion Espíndola (GloboEsporte.com)
Nascido em 23 de outubro de 1987, Laion era jornalista do GloboEsporte.com. Antes, trabalhou nos jornais O Sul e Correio do Povo. Também passou pelo Grupo RBS, todos em Porto Alegre. Atuava como setorista da Chapecoense há dois anos.

Giovane Klein Victória, repórter rbs tv (Foto: Reprodução)

Giovane Klein Victória (RBS)
Repórter da RBS TV, o jornalista tinha 28 anos. Havia trabalho também na TV Pampa, em Porto Alegre.

André Podiacki, repórter, diário catarinense (Foto: Reprodução)

André Podiacki (RBS)
Natural de Florianópolis, André era repórter do jornal Diário Catarinense desde 2011. Tinha 26 anos e atuava como setorista da Chapecoense.

bruno mauri, técnico externas da RBS TV (Foto: Reprodução)

Bruno Mauri da Silva (RBS)
Técnico de externas, estava na emissora desde 2012. Atuou ainda como operador técnico. Tinha 25 anos.

djalma araújo, repórter cinematogrático da RBS TV (Foto: Reprodução)

Djalma Araújo Neto (RBS)
Aos 35 anos, era repórter cinematográfico da RBS TV. Tinha 13 anos de empresa. Deixa dois filhos, de 5 e 12 anos.

Gelson Galiotto (Rádio Super Condá)
Narrador da emissora.

Edson Luiz Ebeliny (Rádio Super Condá)
Repórter da emissora.

Fernando Schardong
Douglas Dorneles (Rádio Chapecó)
Jacir Biavatti

Renan Agnolin, Rádio Oeste Capital (Foto: Reprodução)

Renan Agnolin (Rádio Oeste Capital)
Aos 27 anos, Renan atuava como repórter da rádio apenas em jogos da Chapecoense. Ele também trabalhava para a Ric TV, afilhada da TV Record em Chapecó. Ancorava o programa Jornal do Meio-Dia.

Leia também: 

Veja a lista dos jogadores que estavam no voo da Chapecoense
Conmebol lamenta acidente e suspende decisão da Sul-Americana

Rival da Chape, Atlético Nacional manifesta apoio nas redes sociais

Acidentes aéreos já devastaram clubes como Man. United e Torino

Avião da Chape caiu em “buraco” que dificulta resgate e remoção dos corpos

Por conta de tragédia, última rodada do Campeonato Brasileiro será dia 11

 
GE
Correio Pedrabranquense

Tragédia: Avião com equipe da Chapecoense cai na Colômbia, deixando 76 mortos e 5 sobreviventes

Segundo autoridades colombianas, há 76 mortos e 5 sobreviventes.
Avião decolou de Santa Cruz de la Sierra (Bolívia) com 81 pessoas a bordo.

Resultado de imagem para fotos do avião que caiu nesta madrugada com a equipe da chapecoenseResultado de imagem para fotos do avião que caiu nesta madrugada com a equipe da chapecoense

O avião que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, sofreu um acidente na madrugada desta terça-feira (29), informam autoridades colombianas. Segundo autoridades colombianas, há 76 mortos e cinco sobreviventes. O avião da LaMia, matrícula CP2933, decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com 81 pessoas a bordo: 72 passageiros e 9 tripulantes.

Segundo informações do Bom Dia Brasil, o diretor de um hospital envolvido no socorro disse que apenas cinco pessos sobreviveram ao acidente: os jogadores Alan Ruschel, Danilo e Follmann, um jornalista e um comissário. Não há, por enquanto, identificação das vítimas fatais.

O general José Acevedo Ossa, comandante da Polícia Metropolitana do Valle de Aburrá, confirmou a morte de 76 dos 81 passageiros, segundo o jornal El Colombiano, de Medellín.

Segundo a imprensa local, a aeronave com o time catarinense perdeu contato com a torre de controle às 22h15 (local, 1h15 de Brasília) e caiu ao se aproximar do Aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, perto de Medellín.

Os jogadores da equipe de Santa Catarina são os goleiros Danilo e Follmann; os laterais Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo; os zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto; os volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco; os meias Cleber Santana e Arthur Maia; e os atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

Avião da Chapecoense saiu de São Paulo ontem à noite (Foto: Reprodução/TV Globo)Avião da Chapecoense saiu de São Paulo ontem à noite (Foto: Reprodução/TV Globo)

As primeiras informações são que de seis pessoas foram resgatadas e levadas a hospitais na região. O prefeito falou posteriormente em cinco resgatados. Dentre esses sobreviventes estão o lateral Alan Ruschel, que chegou a unidade de saúde consciente, mas em choque, e os goleiros Danilo e Follmann. Um jornalista também foi resgatado com vida. O Corpo de Bombeiros local, por sua vez, falou em 10 pessoas resgatadas.

O Comitê de Operação de Emergência (COE) e a gerência do aeroporto informaram que a aeronave se declarou em emergência por falha técnica às 22h (local) entre as cidades de Ceja e La Unión. Anteriormente, a imprensa colombiana informou possível falta de combustível como causa do acidente. Mas a mídia local informou que o piloto despejou combustível após perceber que o avião iria cair.

Alan Ruschel, lateral da Chapecoense (Foto: Paulo Whitaker / Reuters)Alan Ruschel, lateral da Chapecoense, foi resgatado em estado de choque (Foto: Paulo Whitaker / Reuters)

Segundo a rede de TV Caracol, da Colômbia, a aeronave sumiu do radar entre La Ceja e Abejorral.

Uma operação de emergência foi ativada para atender ao acidente. A Força Aérea Colombiana dispôs helicópteros para ajudar em trabalhos de resgate, mas missões de voos foram abortadas nesta madrugada por causa das condições climáticas. Choveu muito na região na noite de segunda, o que reduziu muito a visibilidade.

Equipes chegaram ao local do acidente por terra, mas o acesso à região montanhosa é difícil e a remoção é lenta.

Ambulância chega a hospital na Colômbia  (Foto: Reprodução/TV Globo)Ambulância chega a hospital na Colômbia (Foto: Reprodução/TV Globo)

O time da Chapecoense embarcou para a Colômbia na noite de segunda (28), para disputar a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, na quarta (30). Inicialmente, a delegação embarcou em um voo comercial de São Paulo até a Bolívia. Lá, o grupo pegou um voo da LaMia.

Em comunicado, o clube de Santa Catarina informou que espera pronunciamento oficial da autoridade aérea colombiana sobre o acidente.

Em seu perfil no Twitter, o Atlético Nacional lamentou o acidente e prestou solidariedade à Chapecoense: “Nacional lamenta profundamente e se solidariza com @chapecoensereal pelo acidente ocorrido e espera informação das autoridades”.

O primeiro jogo da decisão, marcado para esta quarta-feira (30), foi cancelado, segundo a  Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).

Movimentação é intensa nos hospitais, à espera de feridos no acidente da Colômbia (Foto: Reprodução/TV Globo)Movimentação é intensa nos hospitais, à espera de feridos no acidente da Colômbia (Foto: Reprodução/TV Globo)

A LaMia (Línea Aérea Mérida Internacional de Aviación) é uma companhia de aviação que foi inicialmente constituída na Venezuela no ano de 2009 e depois mudou sua sede para a Bolívia (Santa Cruz de la Sierra). A empresa vem sendo desenvolvida para voos não regulares (charter), com o objetivo de permitir o desenvolvimento de atividades no país e no exterior, com aeronaves de grande porte – de passageiros e de carga.

 
G1
Correio Pedrabranquense

Oficial: Rogério Ceni é anunciado como novo técnico do São Paulo Futebol Clube

O plano da diretoria do São Paulo de acertar contrato e anunciar Rogério Ceni o mais rápido possível foi concretizado. O ex-goleiro foi confirmado como novo treinador do clube do Morumbi nesta quinta (24), 24 horas depois do anúncio da demissão de Ricardo Gomes, de forma misteriosa.
Rogério Ceni é anunciado como novo técnico do São Paulo
Divulgado no Twitter, um vídeo mostrou o Santo Paulo, mascote são-paulino, colocando uma etiqueta com o número 01 nas cadeiras em que o treinador senta. Esse era o número que o goleiro usava quando jogava. Além disso, a trilha sonora era a música Hells Bells, da banda AC/DC. Era com esse som que o time entrava em campo a pedido do ídolo tricolor.
Rogério Ceni volta ao São Paulo um ano depois de se aposentar. Agora, ele terá o papel de planejar 2017 para que o ano seja bem diferente de 2016, quando clube passou por dificuldades principalmente no segundo semestre e chegou a brigar contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro.
Ceni foi anunciado antes do final do Campeonato Brasileiro justamente para já começar a traçar um plano para o próximo ano do time e para alinhar as pessoas com quem quer trabalhar no clube do Morumbi.
O primeiro desafio de Rogério Ceni no clube será a disputa da Florida Cup, em janeiro, nos Estados Unidos.
A chegada de Rogério também serve para trazer a torcida para o lado do time, pois o ex-jogador conta com a confiança dos fãs são-paulinos. Pelo lado político, para o presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, também seria importante contar com Ceni na busca por votos na eleição de abril de 2017.
O São Paulo precisou de apenas 24 horas para acertar os últimos detalhes do contrato do ex-jogador, que exigia inicialmente cláusula de rescisão e um contrato de dois anos.
Aposentado em dezembro de 2015, Rogério Ceni nunca escondeu que gostaria de começar a carreira como treinador no São Paulo. O ex-goleiro aproveitou 2016 para estudar e fez estágio na Europa, onde visitou clubes como o Sevilla, Chelsea, Leicester e Manchester City.
 
UOL
Correio Pedrabranquense

Gabriel Jesus brilha e seleção Brasileira fecha 2016 com 100% sob comando de Tite

Brasil derrota o Peru em Lima e fica bem próximo de garantir classificação antecipada para a Copa do Mundo da Rússia

 
Gabriel Jesus

Em boa fase, atacante Gabriel Jesus teve mais uma atuação decisiva e abriu o placar para a Seleção Brasileira contra o Peru. Seleção volta a jogar somente em março de 2017, quando enfrenta o Uruguai, fora de casa ( Foto: AFP )
A Seleção Brasileira mostrou mais uma vez que está de bem com a vida, sob o comando do técnico Tite, e voltou a vencer nas Eliminatórias da Copa. Com gols de Gabriel Jesus e Renato Augusto, o Brasil bateu o Peru, em Lima, e praticamente garantiu a classificação antecipada par o Mundial da Rússia, em 2018. A sexta vitória consecutiva nesta edição da Eliminatória fez o Brasil chegar a 27 pontos, enquanto o Peru estaciona na 8ª colocação com 14 pontos.

Após um primeiro tempo sem muitas chances de gol e com uma certa pressão da seleção dona da casa, o Brasil voltou melhor na segunda etapa, se achou em campo e construiu a vitória com uma certa tranquilidade.

Com o bom futebol do meia Philippe Coutinho, a Seleção ganhou confiança e logo chegou ao primeiro gol aos 12 minutos. Após uma bola dividida na entrada da área, Gabriel Jesus não perdoou e mandou colocado no ângulo do goleiro Gallesse, abrindo o placar.

Tranquilidade

O Brasil ficou ainda mais à vontade no jogo e ganhou mais confiança, envolvendo o Peru no campo de defesa. Neymar quase ampliou, aos 30, com um chute colocado, de fora da área, mas a bola tocou caprichosamente no travessão. Logo depois foi a vez de Renato Augusto receber pela direita e invadir a área sem marcação. O meia só teve o trabalho de escolher o canto e mandar para o fundo das redes, anotando o segundo gol brasileiro na partida.

Com a vantagem mais larga no placar, Tite optou por tirar dois jogadores de velocidade, Coutinho e Gabriel Jejus, para colocar Willian e Douglas Costa na partida. O Peru sentiu os gols e não ofereceu mais perigo ao goleiro Alisson. O Brasil nas eliminatórias em março de 2017, contra o Uruguai, fora de casa.

e

 
Diário do Nordeste
Correio Pedrabranquense

Goleada sobre Argentina. Vitória fácil demais

Seleção Brasileira goleia a Argentina no Mineirão e se consolida na liderança das eliminatórias da Copa.

Image-0-Artigo-2158205-1

O ataque brasileiro mostrou, mais uma vez, eficiência e objetividade ( FOTO: AFP )

A festa que havia sido agendada para o estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, em 8 de julho de 2014 e que terminou em um fiasco retumbante, nesta quinta-feira finalmente foi realizada. No palco dos 7 a 1, o Brasil de Neymar se impôs sobre a Argentina de Messi, venceu por 3 a 0, pela 11.ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas, e ficou muito próximo de garantir uma vaga na Copa do Mundo de 2018, que será na Rússia.

>>Uruguai vence e se aproxima da classificação

Com 24 pontos, o Brasil lidera as Eliminatórias. Tem um ponto a mais que o vice Uruguai e oito de diferença para os próprios argentinos, que ocupam a sexta colocação e hoje não estariam no Mundial. Esta foi a quinta vitória da seleção brasileira em cinco jogos sob o comando do técnico Tite. Na próxima terça-feira, pela 12.ª rodada, o rival será o Peru, em Lima. A Argentina tentará a reabilitação contra a Colômbia, em casa.

No início do jogo faltou objetividade. O Brasil só foi chutar a gol depois dos 20 minutos, em uma conclusão sem perigo de Renato Augusto.

Do outro lado, a Argentina, que jogara no campo de ataque durante o primeiro terço do jogo, só obrigou Alisson a trabalhar de fato no minuto seguinte.

Festa no Mineirão

Foi então que Phillppe Coutinho quis participar da festa. Aberto até então pela direita, o jogador inverteu de lado e foi jogar próximo a Neymar. Foi a partir do flanco esquerdo, onde o craque do Barcelona fincara território, que o meia do Liverpool protagonizou uma linda jogada. Ele recebeu passe de Neymar, passou por dois marcadores, levantou a cabeça e colocou a bola em curva no ângulo esquerdo de Romero, fazendo 1 a 0.

O gol àquela altura fazia justiça à seleção que mostrava maior desenvoltura ofensiva. Porque a badalada Argentina era um time de um atacante só, o craque Messi. Higuaín estava perdido entre Miranda e Marquinhos. Enzo Perez, por sua vez, era outro sem função em campo.

Já o trio de ataque brasileiro estava mais à vontade. Com Neymar soberano de um lado e Philippe Coutinho eficiente de outro, Gabriel Jesus decidiu ser garçom pelo meio. Foi dele o quinto lance que merece destaque no jogo. No último minuto do primeiro tempo, o atacante do Palmeiras recebeu de costas para o gol, girou o corpo e entregou a bola de bandeja para Neymar escolher o canto e ampliar.

Personagem dos 7 a 1 que amargura – ele foi um dos três jogadores em campo nesta quinta-feira que estiveram na semifinal da Copa de 2014 -, Paulinho protagonizou o sexto lance que levantou a torcida no Mineirão. Já no segundo tempo, o volante que é contestado por parte da torcida e tem toda a confiança de Tite, estava no meio da área argentina para fazer 3 a 0, após aparar passe de Renato Augusto. Na comemoração, correu para o reservado e levou incontáveis tapinhas dos companheiros.

Por fim, a ovação a Tite. O técnico que tinha por missão tentar parar Lionel Messi teve seu nome gritado em uníssono pela torcida. Na véspera, ele afirmara que não tinha medo do Mineirão O Brasil mostrou que não precisa ter mesmo.

Ficha técnica

Brasil – 3

Alisson, Dani Alves, Marquinhos, Miranda, Marcelo, Fernandinho, Paulinho, Renato Augusto, Coutinho, Gabriel Jesus, Neymar

Técnico: Tite

Argentina – 0

Romero, Zabaleta, Otamendi, Funes Mori, Mas, Biglia, Mascherano, Enzo Pérez, Di María, Messi e Higuaín

Técnico: Eduardo Balsa

Eliminatórias da Copa do Mundo

Estádio: Mineirão (Belo Horizonte)

Data: 10 de novembro de 2016

Árbitro: Julio Bascuñán (CHI)

Assistentes: Christian Schiemann (CHI) e Raul Orellana (CHI)

Público: 53.490 pagantes

Renda: R$ 12.726.250,00

Gols: Neymar , Philippe Coutinho, Paulinho

 
Diário do Nordeste
Correio Pedrabranquense

Club de Regatas Vasco da Gama realizará peneira em Tauá

Acontecerá no próximo dia 25 de setembro no Estádio Gerardão, em Tauá, uma peneirada promovida pelo Clube de Regatas Vasco da Gama através de seus olheiros e colaboradores no Estado do Ceará, com o objetivo de identificar crianças e jovens com capacidade de iniciarem uma carreira no futebol profissional.

O evento terá o apoio da Secretaria de Esportes do Município de Tauá, que receberá as inscrições dos interessados nos horários de 8h às 13h, mediante pagamento de uma taxa de inscrição no valor de R$ 25,00, destinada aos representantes do clube para custear parte das despesas.

Poderão participar jovens nascidos entre os anos de 1996 e 2007, que deverão comparecer munidos de chuteiras, caneleiras, meiões, short preto ou branco e um atestado médico simples.

A peneirada acontecerá das 8h às 13h.

O empresário tauaense Lucimar Caracas, que tem um filho nas divisões de base do Vasco, também está apoiando a iniciativa.

Clique e curta a nossa Fan page no Facebook

Blog do Wilrismar

Correio Pedrabranquense