Arquivo da categoria: Policial

Começa a “OPERAÇÃO TAPA BURACO” em ruas esburacadas de Pedra Branca

Uma equipe da empresa STAFF CONSTRUÇÕES, em parceria com a Prefeitura Municipal de Pedra Branca, administração “Crescer de novo, Crescer com o Povo” e SEDUMA-Secretaria do Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente do Município de Pedra Branca, que tem como Secretario Marcílio Alcântara, começou os trabalhos no início desta semana “operação tapa buracos” na recuperação de calçamentos em ruas esburacadas.

Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook

Os trabalhos da operação teve início na sede do Município começando pela rua Mãe Rainha, bairro Santa Maria e se estenderá nas demais ruas da sede, em seguida irá ser realizado a  “operação tapa buracos” também nos distritos de Troia, Capitão Mor, Santa Cruz do Banabuiú e Mineirolândia, Município de Pedra Branca/CE.

Fotos: Di Carvalho
Fotos: Di Carvalho

Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook

Uma realização da Prefeitura Municipal de Pedra Branca, administração “Crescer de novo, Crescer com o Povo” Prefeito Antonio Gois trabalhando em prol da comunidade Pedrabranquense

Fotos: Di Carvalho
Fotos: Di Carvalho

 

 

 

Fotos: Di Carvalho
Di Carvalho/Correio Pedrabranquense
Faça o Correio Pedrabranquense conosco, envie sugestões de reportagens, fotos e vídeos  VC Repórter através do WhatsApp (88) 9.9603.7858 ou ligue para nossa redação: (88) 9.9602-2098. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail:  correiopedrabranquense@hotmail.com
  

Criança morre após ser esfaqueada no interior do Ceará

Image-0-Artigo-2217059-1
A faca que teria sido utilizada pelo adolescente, autor do ataque, foi encontrada na casa de uma vizinha, onde ele estava escondido e foi apreendido
Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook
 

Uma criança de sete anos, vítima de vários golpes de faca desferidos por um adolescente de 17 anos, morreu, na manhã de ontem, no Hospital Municipal de Itapipoca. Além dela, seus dois irmãos e a mãe foram lesionados pelo suspeito. O caso aconteceu na cidade de Uruburetama, distante 110 quilômetros de Fortaleza, na madrugada do último domingo (19).

De acordo com o sargento da Polícia Militar Jácome do Nascimento, um dos comandantes da área onde aconteceu o crime, o acusado invadiu a casa onde estavam as vítimas afirmando ser o personagem ‘Coringa’, inimigo do Batman nos quadrinhos e filmes, e repetia a frase “sou o Coringa, vem brincar com o tio”.

Logo após esfaquear a mulher e as três crianças, que tinham entre um e sete anos, o adolescente fugiu. A PM foi acionada e, ao chegar no local encontrou a mãe ensanguentada com o filho menor nos braços. As outras crianças estavam no interior da casa já feridas. O suspeito abriu um buraco no teto e fugiu.

Os militares socorreram as vítimas e as encaminharam para o hospital local, em uma viatura. As crianças e a mãe foram transferidas para o Hospital de Itapipoca. Pedro Henrique Lima dos Santos, que não resistiu, e um irmão que foi transferido para Fortaleza sofreram lesões graves. As outras vítimas não correm risco de morte.

Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook

Apreensão

O adolescente foi encontrado em uma casa vizinha tomando banho. Ele foi apreendido pela PM e encaminhada para a Delegacia de Uruburetama. A faca que teria sido utilizada por ele foi encontrada na residência.

O suspeito foi transferido para Fortaleza e será submetido à audiência em uma das Varas da Infância e Juventude. Conforme o Sargento Jácome do Nascimento, o adolescente não tinha passagens pela Polícia.

De acordo com o delegado Harley Filho, titular da Delegacia Regional de Itapipoca, o suspeito não morava em Uruburetama, estava embriagado e sofreu um surto psicótico. “Ele estava visivelmente perturbado e invadiu uma casa aleatória”, esclareceu Harley Filho.

 

 

Fotos: Divulgação
Di Carvalho/Correio Pedrabranquense/informações Diário do Nordeste
Faça o Correio Pedrabranquense conosco, envie sugestões de reportagens, fotos e vídeos  VC Repórter através do WhatsApp (88) 9.9603.7858 ou ligue para nossa redação: (88) 9.9602-2098. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail:  correiopedrabranquense@hotmail.com
 

Quatro execuções cruéis registradas em um dia

Quatro mortes violentas, com requintes de crueldade, aconteceram, na última quarta-feira (15), em Fortaleza e Região Metropolitana. Três vítimas foram encontradas carbonizadas; a última foi achada desmembrada, um tórax foi localizado e, posteriormente, uma cabeça com dois cadeados na boca.

Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook

Na primeira ocorrência registrada, o corpo de uma mulher, identificada como Maria das Dores Peixoto da Silva, 52, foi encontrado, durante a manhã, embaixo do viaduto da BR-116, nas proximidades da Base Aérea de Fortaleza. Ela tinha queimaduras pelo corpo. O crime ainda não tem suspeitos. O caso está sendo investigado pela equipe do 4ºDP (Pio XII).

Logo após, no início da tarde, moradores do bairro de Catu, localizado no município de Horizonte, acionaram a Polícia Militar dizendo que havia um homem agonizando dentro de um veículo Volkswagen, modelo Saveiro, completamente tomado pelo fogo. Ao chegarem no local, por volta das 14h, a PM já encontrou o corpo carbonizado. A vítima foi amarrada no banco do passageiro, supostamente, pelo condutor do veículo. Após o crime, o suspeito fugiu com outros homens, em uma Toyota Hillux.

No terceiro caso, um corpo, de sexo não identificado, foi encontrado, na Rua Senador Pompeu, no município de Pacatuba. O cadáver estava no porta-malas de um veículo incendiado. Por volta das 18h, quando testemunhas acionaram a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), ainda havia fumaça ao redor do carro. Os suspeitos fugiram.

Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook

Ainda durante a noite, uma cabeça com dois cadeados na boca foi encontrada, na Rua Valverde, no bairro Bom Jardim. Segundo as apurações iniciais, o crânio pertencia a um tronco encontrado no mesmo dia, no bairro João XXIII. A comunidade disse a Polícia que a vítima seria um adolescente de 16 anos.

A PM informou, no local da ocorrência, que os cadeados sugerem a hipótese de que o crime tenha sido cometido porque a vítima falou algo que contrariou criminosos da região. Os membros superiores e inferiores do jovem ainda não foram encontrados. A cabeça foi achada durante uma diligência de policiais do 17ºDP (Vila Velha). A Perícia Forense do Ceará (Pefoce) foi acionada, esteve no local e recolheu a cabeça para a Coordenadoria de Medicina Legal (Comel).

Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook

Investigações

Nos dois casos de incêndio, o Corpo de Bombeiros foi acionado para conter as chamas, que consumiam os carros. Em decorrência do estado em que se encontravam as duas vítimas, não foi possível identifica-las. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), inquéritos policiais foram instaurados pela DHPP e, na manhã de ontem, foram transferidos para as Delegacias Metropolitanas de Horizonte e de Pacatuba, que estão à frente das investigações sobre os crimes.

A SSPDS informou ainda que a cabeça achada no Bom Jardim ainda está em análise na Pefoce para que a vítima seja oficialmente identificada por um exame de DNA. A Pasta afirmou que a DHPP investigará em quais circunstâncias o crime se deu.

 

Foto: Naval Sarmento
Di Carvalho/Correio Pedrabranquense/Diário do Nordeste
Faça o Correio Pedrabranquense conosco, envie sugestões de reportagens, fotos e vídeos  VC Repórter através do WhatsApp (88) 9.9603.7858 ou ligue para nossa redação: (88) 9.9602-2098. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail:  correiopedrabranquense@hotmail.com
 

Mulher perde mais do que o homem na reforma da Previdência, entenda!

Apesar de viverem mais, elas enfrentam dupla jornada. Pessoas do sexo feminino dedicam 26,6 horas semanais ao lar e as do masculino, 10,5 horas

Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook

No plenário 2 da Câmara dos Deputados, onde têm ocorrido as reuniões da comissão especial que discute a reforma da Previdência, cabem 150 pessoas, mas a sala sempre está um pouco acima da capacidade. Em geral, 37 são integrantes titulares do colegiado, sem contar os outros 37 que substituem, caso um deles não possa ir. Entre os 74, há apenas uma representante do sexo feminino: a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ). Foi nessa sala que o relator da proposta, Arthur Maia (PPS-BA), questionou, em  entrevista a jornalistas,  a necessidade de as mulheres se aposentarem antes dos homens, como é feito hoje. “A mulher que é solteira, que não se casou e não tem filho, por que ela vai ter uma diferença em relação ao homem?”.
Em geral, o argumento usado pelos defensores da proposta do governo, que prevê idade mínima de 65 anos e 25 anos de contribuição para requerer a aposentadoria, independentemente do gênero, é de que, atualmente, não faz mais sentido fazer essa diferenciação.
Principal articulador da reforma no governo, o secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, orgulha-se de propor uma reforma “igual para todos”, defendendo que é esse o modelo que os outros países, em especial os da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), têm seguido. Alemanha, Islândia e Noruega, por exemplo, têm a idade mínima ainda mais elevada, de 67 anos para os dois sexos.

Machismo

“Se a proposta é machista, o mundo todo é”, declara Caetano. A aposentada Raimunda Souza, 72 anos, concorda com o argumento do secretário. Homens e mulheres, na opinião dela, devem ter deveres e obrigações iguais. Por isso, é favorável à igualdade na idade mínima para aposentadoria, embora ache 65 anos muito tarde, para ambos. “Eu me aposentei aos 60 e acho que essa deveria ser a idade para todo mundo. Precisamos ter tempo para descansar e aproveitar depois de tantos anos de trabalho”, argumenta ela, que não vê machismo ou injustiça na proposta do governo. Afinal, a expectativa de vida feminina é maior que a dos homens em sete anos, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), então, nada mais justo que elas trabalhem o mesmo tanto para se aposentar.
O problema é que, ao se dedicar o “mesmo tanto” que os homens aos empregos fora de casa, as mulheres estão, na realidade, trabalhando quase o dobro, quando se leva em conta a jornada doméstica. O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) constatou que, enquanto as mulheres gastam, em média, 26,6 horas semanais com serviços de casa, os homens gastam 10,5 horas. Quando têm cinco ou mais filhos, elas chegam a trabalhar quase cinco horas por dia em casa, sem contar o tempo que gastam no emprego fora. O mesmo não acontece com os homens. Eles dedicam, em média, uma hora por dia às tarefas domésticas, independentemente do tamanho da família ou de estarem desempregados ou não. Quando casam, trabalham ainda menos — e as mulheres, coincidentemente, ainda mais.
“Elas têm, culturalmente, o peso sobre si do cuidado da família. E independe de ter filho ou não, como diz o relator. Mulher tem dupla, tripla jornada”, comenta a única mulher integrante da comissão especial, deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ). Para ela, é essencial analisar de forma igualitária os dados da OCDE e do Brasil, e não apenas os que interessam ao governo divulgar. “Se é para comparar com países europeus, que se observe também os outros termos. No Brasil, além das cargas horárias bem maiores, mulheres têm salários menores”, lembra. Segundo o Censo mais recente do IBGE, feito em 2010, a renda mensal bruta das mulheres é de R$ 1.217, menos de três quartos da média entre os homens, de R$ 1.673.
Diante desse quadro, a advogada presidente da Comissão de Seguridade Social da Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal (OAB-DF), Thaís Riedel, acredita que, mesmo que outros países tenham adotado a idade mínima semelhante para homens e mulheres, o país não está preparado para seguir esses passos. “A legislação deve refletir a cultura. No Brasil, é inegável que ainda há uma desigualdade muito grande. Isso precisa ser levado em conta ao mudar as regras previdenciárias, que afetam toda a população”, afirma. “A mulher agora sai para trabalhar, mas, quando volta para casa, a situação continua ruim. Por mais que tenha conseguido ir para o mercado de trabalho, e isso seja um avanço, em casa, a condição permanece semelhante ao que era 20 anos atrás”, concorda a advogada Jane Berwanger, presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP), que também desaprova a ideia de uma equiparação imediata. “A dupla jornada pode não ser uma realidade nos países da OCDE, mas, no Brasil, ainda é muito forte.”
Ciente dos obstáculos a mais que enfrenta por ser mulher, a atendente de lanchonete Janete Sousa, 40 anos, acha que 65 anos é muito tarde para se aposentar. “Com a rotina corrida que tenho, vou chegar nessa idade bem estressada. Hoje, não consigo ter uma vida, eu sobrevivo. Durmo cinco horas por dia. Espero, na aposentadoria, ter tempo de descansar e aproveitar um pouco da vida”, desabafa. Atualmente, ela concilia dois trabalhos, sai de casa às 6h e só volta às 23h, quando ainda precisa arrumar a casa. “Chego em casa e só penso em dormir. Sempre fica uma parte malfeita, em casa ou no trabalho”, admite.
Também contrária à equiparação entre as idades, a estudante Bruna Guimarães, 26, acrescenta que é mais difícil para mulheres se reinserirem no mercado de trabalho. “Além da dupla jornada, tem o fato de que, em várias empresas, elas perdem o emprego porque engravidam. Lógico que existem exceções, mas a grande maioria sofre com esse panorama. Mulheres trabalham mais e ganham menos, considerando um mesmo cargo, isso se ela conseguir o mesmo cargo”, acredita Bruna, com o respaldo dos números oficiais do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que comprovam ser mais difícil para as mulheres atingir o tempo de contribuição exigido atualmente, de 30 anos, mesmo com os cinco anos a menos de exigência para elas em relação aos homens, ainda em vigor. A cada 100 aposentadorias por tempo de contribuição concedidas, apenas 33 são para as mulheres.
O argumento é reforçado por um estudo do Fórum Econômico Mundial, publicado em 2015, que concluiu que o mundo só alcançará a igualdade de gênero no mercado de trabalho em 2095. O Brasil está na posição 124, entre 142 países, no ranking de igualdade de salários por gênero — em nada parecido com o grupo de países ricos que o governo toma como referência, ao sugerir a equiparação.

 

Foto: Divulgação 
Correio Pedrabranquense/informações Correio Braziliense
Faça o Correio Pedrabranquense conosco, envie sugestões de reportagens, fotos e vídeos  VC Repórter através do WhatsApp (88) 9.9603.7858 ou ligue para nossa redação: (88) 9.9602-2098. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail:  correiopedrabranquense@hotmail.com

 

Vereadora é assassinada em sua residencia na zona rural de Aiuaba/CE

A vereadora Jucely Alves Arrais, 35 anos, PDT, foi assassinada no início da tarde desta terça-feira, 21, em sua residência, na localidade de Bom Nome, zona rural do município de Aiuaba.

Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook

Segundo as primeiras informações, dois veículos, um Gol e um Fiat Strada com vários homens, chegaram a casa da vereadora e efetuaram vários disparos, que atingiram a vítima. Cely Arraes foi socorrida para o Hospital da cidade de Pio IX, Estado do Piauí, onde já deu entrada sem vida.

A causa do crime ainda é desconhecida. A Polícia está realizando diligências na área.

Cely Arraes é cunhada do vereador Valmir do Bom Nome, 58 anos, que foi morto a tiros após participar de um comício na localidade de São Nicolau, no dia 24 de setembro, durante a campanha eleitoral em Aiuaba. Ela havia sido reeleita na coligação do prefeito Ramilson Moraes, com 398 votos. Casada com o Sr. Joza, Cely Arraes deixa duas filhas.

O corpo está no necrotério do Hospital de Pio IX, Estado do Piauí.

A vereadora Cely Arraes não compareceu à sessão da Câmara Municipal realizada na manhã hoje(21).

Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook

Irmão da vereadora foi assassinado em julho de 2016 no Estado do Piauí

O proprietário do Clube J Arraes conhecido por  “Juleudy do Júlio Galdino” foi morto a tiros no dia 04 de julho, no município de Pio IX, Estado do Piauí, por dois homens que chegaram ao local, distante cerca de 1km do centro da cidade e efetuaram vários disparos contra a vítima, que morreu no local.

Após executar o comerciante, a dupla fugiu tomando rumo ignorado.

Aguardem mais informações.

 

Foto: Divulgação
Correio Pedrabranquense/informações Blog do Wilrismar
Faça o Correio Pedrabranquense conosco, envie sugestões de reportagens, fotos e vídeos  VC Repórter através do WhatsApp (88) 9.9603.7858 ou ligue para nossa redação: (88) 9.9602-2098. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail:  correiopedrabranquense@hotmail.com

 

Homem finge estar morto e vê amigo ser assassinado no interior do Ceará. Veja vídeo

Imagens de câmeras de segurança flagraram o exato momento em que uma dupla em uma motocicleta executa um homem, sem a menor chance de defesa, na cidade de Quixeré, no Ceará.

Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook

Um senhor, amigo da vítima, teve de se fingir de morto para escapar do ataque. As imagens foram enviadas por telespectadores para o Whatsapp do Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Veja:

 

Foto: Reprodução TV Jangadeiro
Tribuna do Ceará/com informações Blog do Elber Feitosa
Faça o Correio Pedrabranquense conosco, envie sugestões de reportagens, fotos e vídeos  VC Repórter através do WhatsApp (88) 9.9603.7858 ou ligue para nossa redação: (88) 9.9602-2098. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail:  correiopedrabranquense@hotmail.com

 

Secretaria Ângela Amorim e Vice-Prefeito Junior do Gilberto, participa de encontro da STDS em Fortaleza

Pedra Branca muito bem representada.

A Secretaria do Trabalho e Assistência Social do Município de Pedra Branca/CE, Ângela Amorim, juntamente com o Vice-Prefeito Junior do Gilberto, fizeram se presentes no Encontro Estadual de Gestores Municipais Sobre Politicas Públicas da STDS.

R ARI9264

Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook

Segundo o Secretario do Trabalho e Desenvolvimento Social do estado do Ceará, Josbertini Clementino, o objetivo desse encontro é construir parcerias com as prefeituras, promover a articulação entre os Governos em busca da excelência do atendimento sobre tudo da administração pública.

“A nossa palavra de ordem neste encontro é a parceria, é de estreitar os laços, as relações, a sinergia entre o Estado e os municípios. Portanto, este é um encontro não apenas de informação, mas também de formação para os novos prefeitos e secretários em primeiro mandato sobretudo, sobre as políticas de Assistência Social, do Trabalho e da Segurança Alimentar”. A declaração é do secretário Estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social, Josbertini Clementino, durante a abertura do Encontro Estadual de Gestores Municipais sobre Políticas Públicas da STDS.

Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook

Para uma plateia formada por cerca de 180 gestores municipais, entre prefeitos e secretários de Assistência Social e do Trabalho, Josbertini destacou os desafios da nova gestão, tendo em vista o atual momento econômico do País e a recente aprovação da PEC dos Gastos Públicos, que restringirá o repasse de recursos federais para as áreas da Saúde, Educação e Assistência Social. “Estamos discutindo as ações de Assistência Social, os financiamentos que nós fazemos para manutenção dos Cras, dos Creas, para capacitação de jovens, adultos, mães chefes de família, para os participantes do Programa Bolsa Família; bem como as políticas públicas de atendimento das pessoas com deficiência, idosos, crianças, adolescentes, enfim, de assistência ao público que mais precisa, o público que bate na porta da Assistência Social”, explicou o secretário.

Para tanto, acrescentou Josbertini, “adotamos essa missão precípua de parceirizar com todas as prefeituras, conforme determinação do governador Camilo Santana, para que possamos levar nossas ações a toda a população cearense. Seja nos grandes, nos pequenos municípios, nos distritos, nas localidades mais carentes, sobretudo. E é nesse sentido que estamos buscando uma sinergia maior do governo Estadual com os municípios, para que nossas ações cheguem, de fato, na ponta, para quem mais precisa”, destacou.

O Encontro Estadual de Gestores Municipais Sobre Politicas Públicas da STDS foi realizado entre os dias 13 e 14 de fevereiro, que transcorreu, no Ponta Mar Hotel, em Fortaleza.

 

Fotos: Divulgação
Di Carvalho/Correio Pedrabranquense
Faça o Correio Pedrabranquense conosco, envie sugestões de reportagens, fotos e vídeos  VC Repórter através do WhatsApp (88) 9.9603.7858 ou ligue para nossa redação: (88) 9.9602-2098. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail:  correiopedrabranquense@hotmail.com

 

Quadrilha toca o terror, faz reféns e rouba agência da Caixa Econômica em Tamboril

Uma quadrilha fortemente armada, formada por cerca de 15 a 20 homens, invadiu a cidade, atirou contra a Polícia, fez reféns e roubou a agência da Caixa Econômica Federal

tambo
A ação aconteceu por volta das 21h desta quinta-feira (9) e os suspeitos levaram reféns em carros roubados após o assalto ( Foto: VCRepórter )
Uma quadrilha fortemente armada, formada por cerca de 15 a 20 homens, invadiu a cidade de Tamboril, a 301Km de Fortaleza, atirou contra a Polícia, fez reféns e roubou a agência da Caixa Econômica Federal (CEF). A ação aconteceu por volta das 21h desta quinta-feira (9) e os suspeitos levaram reféns em carros roubados após o assalto.
Após intenso tiroteio, os bandidos iniciaram a fuga levando um dentista e o dono de uma farmácia. Os homens conseguiram interceptar a via que dá acesso à cidade de Crateús.
Eles atearam fogo em dois veículos, um modelo Toytota Corolla e um Fiat Palio. Os carros estavam em uma ponte da CE-266, nos limites do município, bloqueando a entrada e saída da cidade, impedindo a chegada do reforço policial de Crateús.
“Quando patrulhas de outras cidades se dirigiam à Tamboril, se depararam com os veículos em chamas impedindo a passagem das nossas equipes em dois pontos. Uma das vias foi liberada, mas os bandidos já havia fugido”, disse o subtenente PM Bonfim Ibiapina.
A agência bancária foi isolada e o restante das diligências continuam pelas patrulhas do Comando Tático Rural (Cotar), Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), Força Tática de Apoio (FTA) do 7º Batalhão da Polícia Militar (7º BPM), além de vários destacamentos de cidades vizinhas. Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) também estão dando apoio as buscas.
Semelhante
A ação em Tamboril foi semelhante ao ataque em Brejo Santo no último dia 3. Na ocasião, uma quadrilha fez reféns, roubou as agências do Banco do Brasil e do Bradesco. Fuzis, explosivos e dinheiro foram apreendidos e dois homens foram presos após uma ‘caçada’ policial na região do Cariri. (Colaboraram Allan de França e Gonçalinho Rodrigues)
Veja fotos:

           

 

Fotos: VC Repórter
Diário do Nordeste
Faça o Correio Pedrabranquense conosco, envie sugestões de reportagens, fotos e vídeos  VC Repórter através do WhatsApp (88) 9.9603.7858 ou ligue para nossa redação: (88) 9.9602-2098. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail:  correiopedrabranquense@hotmail.com

 

Jovem de 23 anos é executado com um tiro na cabeça, na porta de casa em Quixadá

A criminalidade na cidade de Quixadá, na região Central do Ceará, continua assustando os moradores. Os homicídios retornaram com as mesmas características, acertos de contas.

Só em fevereiro já foram executadas três pessoas, uma professora no dia primeiro; o segundo foi na última sexta-feira, 03, no bairro Campo Novo, quando o motorista Francisco Juciê Feitosa do Nascimento, 36, foi morto por dois bandidos.

Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook

Jovem estava chegando na casa de sua mãe (foto: Washington Luis)

 

 

Durante a manhã desta terça-feira, 07, ocorreu o terceiro homicídio, mais uma vez no bairro Campo Novo, a vítima foi o jovem Wedson Faustino Gomes, conhecido por “Nino”, de apenas 23 anos. A execução à tiros ocorreu justamente no momento em que ele chegava na casa de sua mãe,  na Rua São João, naquele bairro.

Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook

Conforme as informações, “Nilo” ainda tentou refugio na casa de sua genitora, mas os criminosos atiraram várias vezes, inclusive as marcas ficaram registradas na parede do imóvel. Um dos tiros acertou justamente a cabeça do jovem, que morreu no local do sinistro.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência-Samu ainda foi acionada para fazer o socorro, mas os socorristas identificaram que a vítima já havia falecido.

Equipes da Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá já estão recolhendo informações e um inquérito será instaurado para investigar o crime. Policiais Militares fazem buscas em toda a cidade com o objetivo de prender os autores.

Dezenas de curiosos fizeram aglomeração no local do crime (foto: rede social)

 

 Foto:  Washington Luis
informações Revista Central
Faça o Correio Pedrabranquense conosco, envie sugestões de reportagens, fotos e vídeos  VC Repórter através do WhatsApp (88) 9.9603.7858 ou ligue para nossa redação: (88) 9.9602-2098. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail:  correiopedrabranquense@hotmail.com

 

Tribunal extingue maior pena ao lider ‘Alemão’ do assalto ao Banco Central. Veja!

O líder do milionário furto do Banco Central (BC) de Fortaleza, Antônio Jussivan Alves dos Santos – o Alemão, não cabe em si de satisfação.
E não é para menos. Uma decisão do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), em Recife (PE), o livrou da condenação de 80 anos, 10 meses e 20 dias de prisão em regime fechado. É isso mesmo. O TRF-5 extinguiu, no último mês, a pena por “lavagem de dinheiro praticado por organização criminosa”, aplicada pelo juiz Danilo Fontenele da 11ª Vara Federal.
Imagem relacionada
Para tentar impedir que Alemão saia quase impune do crime que sumiu com perto de R$ 165 milhões da caixa forte do BC, a Procuradoria Regional da República da 5ª Região (PRR-5) decidiu recorrer da decisão do TRF-5.

Um constrangimento jurídico entre Recife e Fortaleza. A PRR-5, que protocolou petição no último 24 de janeiro para tentar correr atrás do prejuízo para a sociedade, foi contrária à denúncia feita em 2015 pelo Ministério Público Federal no Ceará. E recorreu agora, após concordar com o fim da condenação do assaltante pela “lavagem” do dinheiro roubado.A extinção foi defendida pelo desembargador federal Paulo Roberto de Oliveira Lima, relator do processo e teve a concordância da procuradora Maria do Socorro Paiva e dos demais integrantes da turma. O magistrado se convenceu, baseado na argumentação da advogada Erbênia Rodrigues, que Alemão era o injustiçado de parte da história do furto ao Banco Central, ocorrido em 2005.

O assaltante nascido em Boa Viagem (CE), segundo entendimento do TRF-5, foi condenado por lavagem de dinheiro por organização criminosa, crime que não estaria “tipificado” entre 2006 a 2008. Período em que a equipe do delegado federal Antônio Celso monitorou e esmiuçou como Alemão e 30 “laranjas” fizeram para lavar parte da cota recebida na partilha do furto milionário. De acordo com o delegado, o assaltante teria recebido mais de R$ 10 milhões.

Em juízo, Alemão confessou ter ficado com R$ 5 milhões. Dinheiro “lavado” em móveis e imóveis (veja lista) entre Brasília, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Segundo Erbênia Rodrigues, a definição do delito de lavagem de dinheiro praticado por “organização criminosa” só ocorreu com a vigência da Lei 12.850/2013. Por enquanto, o ato do TRF-5 favorece apenas a Alemão. Mas beneficiará mais de uma centena de condenados que “lavaram” parte dos milhões roubados do BC e ainda abrirá outros precedentes.

Agora, a advogada aguarda informações da Penitenciária de Pacatuba, cadeia cearense onde Alemão está desde 2008, para pedir a progressão do regime do cliente. Com a decisão do TRF-5, ele só não será solto de imediato porque responde ainda por pelo menos três processos (veja entrevista com a advogada).

Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook

Com o fim da pena por lavagem de dinheiro, restaria a Alemão a condenação de 49 anos e dois meses de prisão em regime fechado por furto qualificado e outros delitos menores. Mas, como o TRF-5 já havia diminuído a sentença para 35 anos e 10 meses, o tempo de presídio pelo BC já foi. Preso desde 2008 pelo furto, cumpriu 1/6 da pena, tem bom comportamento e já poderia estar respondendo em liberdade.

Nos bastidores da Justiça Federal, na Procuradoria da República no Ceará e entre procuradores do Banco Central, a piada corrente, e ao mesmo tempo incomoda pela sensação de impunidade, é a de que o crime contra o BC compensou para Alemão e para sua organização criminosa.

TRF-5 HAVIA RECONHECIDO O CRIME

O juiz Danilo Fontenele, da 11ª Vara Federal de Fortaleza, não quis comentar a decisão do TRF-5 e a concordância do MPF em extinguir a condenação de Alemão por lavagem de dinheiro. Ficou “surpreso”, mas se disse impedido legalmente de opinar sobre a dispensa de uma pena de mais de 80 anos para quem “lavou” parte dos milhões furtados do Banco Central, em Fortaleza.

Para fundamentar a aplicação da pena de lavagem de dinheiro por organização criminosa, na sentença de 21/8/2015, disponível na Internet, Danilo Fontenele relaciona não só legislações e documentos da doutrina jurídica brasileira, mas também internacional, da qual o Brasil é signatário.

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) tem a Resolução 03/2006 que recomenda aos tribunais que especializem varas em crimes praticados por organizações criminosas. Uma resolução, portanto, anterior a Lei 12.850/2013, que criou o crime de lavagem por organização criminosa.

O CNJ, mesmo antes da lei de 2013, reconhecia que o conceito para lavagem de dinheiro por organização criminosa era também da Convenção de Palermo (Itália), que colocou centenas de mafiosos na cadeia. Convenção da qual o Brasil é signatário e sempre fez uso dela.

Os desembargadores do próprio TRF-5, segundo fundamentação da sentença (página 22, item 84), atestaram o “reconhecimento de que o furto ao Banco Central fora perpetrado por uma organização criminosa (…) devidamente configurada e reconhece-se o delito de branqueamento de valores”.

Danilo Fontenele escreve na sentença que embora a legislação não defina o que seja organização criminosa, a Lei 9.034/95 regula os meios de provas e procedimentos de investigação com relação a crimes praticados por “quadrilha ou bando ou organizações ou associações criminosas de qualquer tipo”.

Segundo a sentença, o grupo que executou o furto ao BC “configura uma verdadeira organização criminosa. Tendo empreendido esforços, recursos financeiros de monta, inteligências, habilidades e organização de qualidade superior em empreitada criminosa altamente ousada e arriscada”.

O grupo, escreve ainda o magistrado, “dispunha de uma bem definida hierarquização com nítida separação de funções, apurado senso de organização, sofisticação nos procedimentos operacionais e instrumentos utilizados, acesso a fontes privilegiadas de informações de dentro do banco (empregados ou ex-empregados terceirizados), e um bem definido esquema posterior de branqueamento dos capitais” roubados do Banco Central.

Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook

ALGUNS BENS COMPRADOS POR ALEMÃO

IMÓVEIS

Um imóvel residencial em Boa Viagem, no Ceará

Uma mansão às margens da represa de rio Manso, em Nobres (Mato

Grosso)Uma propriedade rural no distrito de Bom Jardim, Nobres (Mato Grosso)

Uma casa no conjunto Riacho Fundo II, no Distrito Federal

Uma fazenda em Cocalzinho (Goiás)

Dois postos de combustíveis em Nova Andradina, Mato Grosso do Sul

Uma casa no bairro Poções, em Cuiabá (MT)

Uma fazenda de criação de animais, Mato Grosso do Sul

Um terreno localizado em Nova Andradina/MS

Dois imóveis no Recanto das Emas (Distrito Federal )Total: 12 imóveis

Clique e curta a nossa Fan Page no Facebook

MÓVEIS

Uma lancha Marajó 17, marca Levefort

Um Fiat/Siena, 2008, placas JHR-7795/DF

Um Fiat/Strada Advent, 2005, placas JFQ-1633/DF

Um Gol 1.0, 2006, placa NGB-5766/ DF

Um reboque de caminhão

Um Crossfox, 2006, placa JHA-2936-DF

Um Gol 1000, 1994, placas BOG-5528/SP

Um Polo 1.6, 2002, KEQ-2540/PR

Um Gol Special, 2004, AMC-2437/MS

Uma Honda NRX150, 2004, JZX-7152/MT

Um Ford/F350 G, 2005, ANC-4397/MT

Uma Honda/CG 150, Titan ESD, 2007, HSV-9778/MS

Um Fiat/Palio WK Adventure, 2007, HSY-1793/MS

Um I/GM Classic Spirit, 2007, HTA-0548/MS

Um reboque/Disnautica, 2007, KAR-1264/MT

Um Gol 16V Power, 2002, DFH-6619/DF

Um Jet Sky, Yamaha, inscrição número 401M2006005666

Uma camioneta Toyota Hilux CD 4×4, 2005

Telefones da Nextel, DF

Um Trator Ford, 7610, chassi V238458/MT;

Total: 19 móveis e telefones

 


Blog do Elber Feirosa/informações O POVO Online
Faça o Correio Pedrabranquense conosco, envie sugestões de reportagens, fotos e vídeos  VC Repórter através do WhatsApp (88) 9.9603.7858 ou ligue para nossa redação: (88) 9.9602-2098. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail:  correiopedrabranquense@hotmail.com